Sábado, 26 de Fevereiro de 2005

Está perto...


VS



Dá p ver ke o Derby está próximo.


 Os presidentes de ambas as equipas já começaram com as provocações!


Heheheheh!




5 Razões para acreditar na vitória do Benfica


 

1- Instabilidade do FC Porto em casa
Falemos de números. Há quanto tempo o FC Porto não ganha em casa? Desde a vitória frente ao Moreirense (1-0) em Dezembro de 2004. Rio Ave e V. Guimarães empataram e Sp. Braga venceu no Estádio do Dragão. Que melhor prazer dará ao Benfica dar sequência a este ritmo? Se há altura ideal para chegar a casa do FC Porto e vencer, quebrando os tais 14 anos de jejum, que tal começar já na segunda-feira, projectando a equipa para um final do campeonato na liderança?

2- Equipa em crescendo, diz Trap
Não é novidade que Giovanni Trapattoni acredita que o Benfica está em crescendo e quase no ponto ideal como equipa. Ou seja, fazendo fé nas palavras do treinador italiano, nunca o Benfica esteve tão perto de poder bater o FC Porto. Trap está farto de repetir que era esta a altura ideal para começar a disputar a SuperLiga, por os encarnados se encontrarem a atravessar bom momento, pelo que este clássico vem mesmo a calhar. E, vencendo, 2 quem será líder do campeonato?


3- Catorze anos? Sim, e então?!
Começa a tornar-se uma lenda a última e histórica vitória do Benfica em casa do FC Porto. Vinte e oito de Abril de 1991, não é? Há catorze anos? Sim, e então? Os recordes nasceram para ser batidos e, assim sendo, está na hora de fazer esquecer os golos de César Brito, as defesas de Neno e as trocas tácticas de Eriksson nessa tarde histórica.


3-  Entrada de Nuno Assis
O Benfica cresceu imenso com a entrada de Nuno Assis e, não sendo um tradicional número dez, o ex-vimaranense passou a dar mais e diferentes soluções a Giovanni Trapattoni. Os restantes criativos da equipa, sobretudo Simão, podem agora concentrar-se nas tarefas para que estão mais habilitados, pelo que a equipa fica mais organizada e consistente. Vejamos as notas atribuídas pelos jornalistas de A BOLA a Nuno Assis nos quatro jogos em que o médio actuou: 7, 7, 6 e 7. Regularmente alto, portanto.


4- As torres Luisão e Alcides
Para ganhar no Estádio do Dragão é preciso, em primeiro lugar, defender bem. E Luisão, com duas belas exibições frente ao CSKA (em Krasnodar e na Luz), está como nunca. A seu lado, na ausência de Ricardo Rocha, surge o seu compatriota Alcides: duas torres. Além disso, deve reaparecer Miguel, um dos principais pontos de ligação entre a defesa e o ataque, permitindo outro tipo de soluções ao treinador encarnado.


5- Está na hora, Simão
Queixam-se os benfiquistas de que o capitão Simão raramente joga a níveis elevados nos grandes jogos. O 20 da Luz está a ter uma temporada muito boa, marcando golos, criando situações de desequilíbrio ou abrindo espaços para as entradas de companheiros mais colocados, pelo que falta confirmar num grande estádio (como o Dragão) quem é, na verdade, o grande líder do Benfica e o seu mais forte e talentoso jogador. E se quiserem uma achega estatística, aqui fica: Simão já marcou em casa do FC Porto.


Fonte: A Bola


publicado por word-up às 20:45
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SAPO Blogs

.subscrever feeds